Pesquisar este blog

quinta-feira, 31 de março de 2011

"Quase tudo é temporal..."



     Há uns 10 anos atrás eu praticamente tinha minha vida inteira determinada: terminaria meus estudos básicos, terminaria a minha faculdade de arquitetura e faria em seguida o seminário, me casaria com uma moça de família (cristã é claro!), seria uma benção como pastor e homem de família e ajudaria o decadente mundo secular a re-encontrar sua verdade primordial à tantos esquecidas devido ao pecado que nos fez afastar da presença permanente de Deus e então, já no fim desta vida, iria ter uma morada garantida na cidade celestial junto com este deus, para qual haveria dedicado toda minha vida e desta forma seria feliz eternamente...   Pois bem, de tudo o que havia planejado, consegui ao menos finalizar minha faculdade de arquitetura...

     Não que não tivesse a capacidade para desempenhar tal função eclesiástica ou de alguma maneira sentia não ter sido chamado para tal, pelo contrário exerci plenamente aspectos da liderança eclesiástica de modo a discutir alguns pontos de igual pra igual com outros líderes mais experientes... o que acontece é que de alguma forma não era para ser assim, ou pelo menos não num espaço de tempo tão curto, tão definitivo e tão linear quanto pensava.

     O que quero dizer com isso tudo?! Que hoje sou um desviado?! Rs... alguns preferem pensar desta forma... prefiro dizer que finalmente estou livre! E se não foi por graça própria foi, com certeza, graça dada pelo mesmo deus ao qual dizem que virei minhas costas, já que este “sabe de todas as coisas” e que “nem um fio de cabelo cai de minha cabeça sem seu consentimento” já que é “Ele quem está no controle de todas as coisas”. 

     Quanto ao meu “green-card” para o céu, prefiro deixar que o dono do lugar decida se estou apto ou não para coabitar consigo. O que me incomoda é pessoas de autoridade impostas decidirem tal questão no lugar de seu deus!

     Não quero utilizar conceitos como o de dominação ideológica (Marxista) ou do poder de dominação simbólico Lefebvreniano por trás de tudo o que se refere ao numinoso, mas quero alertar para dominação exercida por aqueles que conhecem seu poder e exigem que sejamos apenas cordeiros e não raposas astutas...

     Pensem bem, pra que servem as ovelhas senão para terem seus pêlos tosquiados, sua carne devorada e seus miúdos processados para virar ração?! Você acha que se criam cordeiros simplesmente porque seus pastores querem ter comunhão com eles?!     Se Deus realmente existir com toda certeza ele terá um plano pra toda a existência, mas duvido que seja tão romântico quanto se é pregado, afinal como um Deus que é perfeito em si mesmo, portanto total em si mesmo, possa ser somente amor e não ódio também! Se se é total então todas as coisas estão contidas nele de maneira equivalente e perfeita. Deus teria um propósito e se tiver que tosquiar bilhões de pessoas e assar suas carnes no inferno para conseguir seus objetivos ele o faria sem pensar 2 vezes, pois de qualquer forma o que são algumas vidas em comparação com o maravilhoso e perfeito plano divino para a existência!?

     Ser cristão é isso, saber que assim como Jó que viveu “o inferno na terra” por causa de uma aposta entre Deus e o diabo, ser capaz de continuar a amar a Deus não importando a situação, assim como diz uma antiga canção.

     Apesar destas palavras não me considero ateu nem tampouco um cordeiro, sou apenas mais um que acredita que “a verdade está la fora” para quem a quiser descobrir e tiver coragem o suficiente pra fazer as perguntas certas. Afinal de contas que pílula você tomaria?! A Vermelha ou a Azul?! E a pergunta basica que ninguem fez ainda, você tomaria uma pilula, sendo ela vermelha ou azul, se um cara mal encarado que você nunca viu na vida te oferecesse sem compromisso algum?

     De qualquer forma o futuro só Deus sabe... 


"Almost everything is temporary ..."

     About 10 years ago I practically had my whole life determined: end my basic studies, get my architecture degree and then do the Presbyterian seminar, marry a beautiful girl (a Christian one of course!) become a blessing as a pastor and as family man and help the decadent secular world to re-find their true role, to many forgotten because of the primordial sin that made us move away from the permanent presence of God and then, towards the end of my life, would have guaranteed a dwelling in the heaven with this god, for whom I would have dedicated my whole life and thus would be eternally happy... Well, within all that was planned, I could at least get my architecture degree...

     Not if I didn't have the ability to perform that ecclesiastical function or somehow I felt not been called to do so, I fully exercised aspects of church leadership in order to discuss some points as equals with other more experienced leaders ... what happened is that somehow it was not supposed to be that way, or at least not on a time as short, as definitely and as straightforward as I thought.

What I mean by all this?! I am today a backslider?! Rs ... some prefer to think this way ... I prefer to say that I'm finally free! And if it was not for grace itself was certainly a grace given by the God whom they say I turned my back to, since He "knows all things" and that "not a hair falls from my head without His consent "as is" He who is in control of all things." 

     As for my "green-card" to heaven, I rather let the owner of the place decide whether or not I'm able to cohabit with him. What bothers me is people of imposed authority deciding such a question in place of their god! 

     I do not want to use the concepts of ideological domination (Marxist) or the power of symbolic domination Lefebvrenist behind all that refers to the numinous, but I want to warn you about the domination exercised by those who know their power and require us to be just lambs instead of cunning foxes ... 

     Think about it, for what do the sheep serve if not to have their hair shorn, his flesh eaten and its internal organs processed to turn into ration?! Do you think that lambs are bred simply because their pastors want to have fellowship with them?! 

     If God really exists for sure he'll have a plan for all existence, but I doubt it's as romantic as it is preached at all, so why a God who is perfect in itself, and complete in itself, may be only love and not hate too! If it is Total then all things should be contained in it in a manner equivalent and perfect. God would have a purpose and if He has to shear billion people and baking their flesh into hell to achieve his goals he would do it without thinking twice because, anyway, what are some lives compared to the wonderful and perfect divine plan for existence!? 

     Being a Christian is this: knowing that like Job who lived the "hell on earth" because of a bet between God and the devil, be able to continue loving God no matter the situation, as well as an old song says. 

     Although I say these words I do not consider myself an atheist... nor a lamb. I'm just one who believes that "the truth is out there" for those who want to discover it and have courage enough to ask the right questions. After all that what pill would you take?! The Red or Blue?! And the basic question that nobody has done yet, would you take a pill, being red or blue, if a grumpy guy that you never saw in your life offers it to you without any commitment?  


     Anyway, only God knows what the future holds for us...

4 comentários:

  1. Achei o texto interessante porque passa por ideias que venham trabalhando sobre a instituição, forças instituído e instituinte...além disso, como espírita faço o mesmo questionamento, quando vejo as manipulações como testemunhos de fé, e com certeza a verdade que tenho e que me guia, me fala de deus que ama e vive em mim!
    valeu

    ResponderExcluir
  2. Vitorino, meu amigo querido ! Gosto de te ouvir, e pelo blog, de ler suas colocações sempre tão inteligentes. Não concordo com tudo o que você diz, mas não posso negar que você sabe se posicionar e tem bons argumentos para isso. Acho que o que tenho a falar sobre o seu texto(ou seja, a forma que eu entendo) é que a gente nunca vai ter resposta para tudo, porque se não seríamos como o próprio Deus. Deus se revela a cada um de forma particular, e com certeza, a forma que eu o sinto e entendo, é diferente da sua, e de qualquer outra pessoa. Acordar todos os dias, ver um jardim florido, nadar no mar, me esquentar nos raios do sol, são coisas simples, e ao mesmo tempo suficientes para eu acreditar que Deus existe e que cuida de mim. Para outros Ele se revela de formas diferentes, e para muitas outras pessoas, ainda que Ele se revele, elas não conseguem vê-lo. Marquito, as vezes a gente precisa pensar com o coração ! Beijos, meu amigo, que o nosso bom Deus cuide sempre de você! Da amiga Carol!

    ResponderExcluir
  3. Obrigado Berta e Carol vc é um amor!

    ResponderExcluir
  4. Italo Figueiredo (xXSpoTXx)5 de abril de 2011 13:19

    muito bom seu texto marcos... eu sou ateu e respeito todos os tipos de crença, mas sejamos francos, muitas das pessoas de fé apenas fecham os olhos para a realidade e passam a aceitar as verdades impostas por um segundo ou terceiro como se fossem sagradas,ao invez de eles proprios tentarem encotrar tal realidade; e seu texto aborda exatamente isso,que as pessoas abram os olhos e questionem, porque como ja dizia o proverbio: "Aquele que pergunta é um tolo por cinco minutos, mas aquele que não pergunta permanece um tolo para sempre."
    abraço, Ítalo Figueiredo

    ResponderExcluir